Gatos

Características dos gatos

O gato é um mamífero que pode viver de 15 a 39 anos. Com eles, sua casa vai ficar livre de ratos, baratas e outros animais, que os gatos se encarregam de eliminá-los, tendo, além disso, uma vida livre, mas sempre voltando para o seu lar. Não precisam tomar banho, pois os gatos possuem a língua áspera, como os demais felinos, que serve para fazer sua limpeza completa.

Muito importante também é ressaltar que aquele "ronquinho" que o gato dá não é asma, como algumas pessoas imaginam. Aquele "ronquinho" (às vezes bem alto) nada mais é do que a forma de o gato se expressar, assim como o cachorro balança o rabo mostrando que está satisfeito com a presença do dono.

O caçador

Os gatos são caçadores naturais; contudo, mesmo que você tente humaniza-lo, nunca conseguirá anular esse comportamento. Os gatos caseiros caçarão mesmo bem alimentados. Desde pequenos, os gatinhos já brincam como caçadores. Brinque sempre que possível com o seu gatinho. Se o seu gato chegar em casa com um rato ou um passarinho na boca, e o colocar a seus pés, significa que está contribuindo com os alimentos da casa. O melhor que você tem a fazer é aceitar. Se você o repreender, ele pensará que não foi satisfatório e deverá caçar novamente, tentando agradar-lhe.

Gato com coleira.

Personalidade

Cada gato tem o seu jeito próprio de ser. Tem aquele que é sempre assustado, aquele paradão, o carinhoso e outros. Há gatos que emitem sons como se estivessem falando, geralmente pedindo comida. Quando o dono não lhe dá importância, viaja freqüentemente, deixando-o sozinho, acaba perdendo a amizade do gato. Só se consegue a amizade do gato, quando seu dono lhe tratar com carinho novamente.

Raças de Gatos

Gato Bengal

Gatos de Raça: Bengal.

O Bengal surgiu do cruzamento de uma espécie de felino selvagem com um gato doméstico. A estimativa é de que haja 30 mil Bengals no mundo. No Brasil já há alguns no Rio de Janeiro. O Bengal é amistoso com as pessoas e se mostra disposto a brincadeiras, mesmo com quem não conhece. Ensinando-o aprende pequenos truques, como deitar, abrir torneira para beber água e saltar obstáculos, e a ser mais educado. A fêmea chega a pesar entre 5,4 a 5,8 kg e o macho entre 6,3 a 6,7 kg.

Gato Egyptian Mau

Gatos de Raça: Egyptian Mau.

O "leopardo de sala" do mundo dos gatos domésticos, se distingue por ser a única raça doméstica a ter o corpo naturalmente pintado. Acredita-se que seja uma das raças domésticas mais antigas (1400 a.C.). No Brasil, ainda que raríssima, a raça existe. Quem o trouxe foi a criadora Liane Diehl, em 1995. O Mau tem um grau médio de atividades, é comum que abane insistentemente sua cauda para demonstrar sua alegria. Com pessoas desconhecidas é reservado, mas muito afetuoso com os familiares. Porte médio, a fêmea pesa entre 3,1 a 3,6 kg e o macho entre 3,6 a 4,5 kg.

Gato Himalaia

Gatos de Raça: Himalaia.

É um dos gatos mais populares do mundo. Reúne as características das duas raças mais admiradas: a aparência incorporada e peluda do gato Persa com a sofisticada marcação de pelagem que caracteriza o Siamês.

Os filhotes de Himalaia quando nascem são completamente brancos, sem a marcação na pelagem, que começam a aparecer nos primeiros dias. A intensidade da cor aumenta com o passar do tempo. A parte escura atinge ao redor dos 18 meses. As características físicas que o filhote terá ao se tornar adulto podem ser percebidas desde pequenos, já que as proporções, o formato do focinho, a robustez, o formato e a cor dos olhos costumam manter quando ele cresce.

Gato Korat

De origem tailandesa, é considerado um símbolo de boa sorte no seu país natal. Ainda que a raça seja muito antiga, com manuscritos que indicam sua existência desde 1300, ela só se tornou conhecida a partir de 1959, quando um casal de exemplares chegou ao EUA, em Portland, no Oregon. Eram Nara e Darra, dois Korats que a apreciadora de gatos Jean Johnson ganhou de um amigo tailandês.

Gato Ocicat

Gatos de Raça: Ocicat.

No Brasil, não há notícias da raça. O comportamento da raça, em geral, é comparado ao estilo normalmente associado aos cães: obediente e participativo. São facilmente treináveis, muitos buscam e trazem objetos, andam de coleira e respondem a chamados verbais do dono. Via de regra são sociáveis com gente desconhecida e se adaptam facilmente ao ambiente, mas são menos predispostos a ficar muito tempo sozinhos. Porte médio para grande. A fêmea pesa entre 3 e 4,5 kg e o macho pode chegar a 6,7 kg.

Gato Turkish Angorá

Não há notícias da existência da raça Angorá (hoje chamada de Turkish Angorá) no Brasil. O termo Angorá praticamente virou sinônimo de gato peludo.

Por muito tempo se acreditou que os primeiros gatos de pêlo longo a chegar na Europa e se espalhar no Ocidente teriam vindo da cidade de Angorá, atual Ancara, na Turquia. O Turkish Angorá pode ser de diversas cores e o seu corpo é de robustez média.

Cuidados com seu gato

Obs.: Seu gato não tem 7 vidas...! Fale com o veterinário antes de dar qualquer medicamento.

Companhia

Os gatos gostam de viver em bandos, quando tiver seu gato, tenha no mínimo dois, para que um possa fazer companhia ao outro. Se já tiver um gato em casa, trate de arranjar outro... ele vai lhe agradecer muito, e você vai ganhar muito com isso também. Cuide bem de seu gatinho e ele lhe dará muito carinho em dobro.

Gato preguiçoso.

Crônica de Carlos Drummond de Andrade

Gatinho.

"Um gato vive um pouco nas poltronas, no cimento ao sol, no telhado sob a lua. Vive também sobre a mesa do escritório, e o salto preciso que ele dá para atingi-la é mais do que impulso para a cultura. É o movimento civilizado de um organismo plenamente ajustado às leis físicas, e que não carece de suplemento de informação. Livros e papéis, beneficiam-se com a sua presteza austera. Mais do que a coruja, o gato é símbolo e guardião da vida intelectual".


Não encontrou? Pesquise abaixo!